domingo

também eu sorria

colocavas os punhos dentro de água e depois o rosto e
sorrias. sabe tão bem a água fresca no rosto e eu lembro-me
(ainda) da luz no pouco espaço da casa e depois de mais tarde repetir
sabe tão bem a água fresca no rosto, tinhas razão e agora vê
a película de água que se estende no espelho.

14 comentários:

Laura Ferreira disse...

Belo.

Graça Pires disse...

Muito belo!
Beijos.

dade amorim disse...

Tua escrita é sempre inspiradora, Susana.
Beijos.

flor-de-vento disse...

é pá tinha tantas saudades de te ler!

Spark disse...

Gostei mto :)

Bartolumeu Antunes disse...

por mais que leia nao cansa respira arte e inspira qualquer um

Susana Miguel disse...

obrigada, Laura:)
um beijinho.

Susana Miguel disse...

um beijinho (miminho), graça.

Susana Miguel disse...

saudade, dade amorim.
Beijinhos e obrigada:)

Susana Miguel disse...

epá gostei mesmo do teu comentário:) epá beijinhos e volta sempre, flor-de-vento.

Susana Miguel disse...

obrigada, spark:)
um beijinho.

Susana Miguel disse...

(...)fiquei sem palavrinhas, bartolomeu. é bom saber:)
um abraço e beijinho.

liliana_lourenço disse...

Tão lindo.. .

Eu fico sem saber o que dizer. Deixas-me sempre, sempre.. sem palavras.
Dá vontade de sair de casa a correr e ir à procura de um livro só teu. ;)

Beijinhos Susana.

Adorei voltar a ler-te. **

Susana Miguel disse...

és sempre muito querida nas tuas palavras, liliana :) obrigada por vires e um beijinho muito grande.